sinistros-sinistrados-seguros-vida-acidentes

Sinistros – O que são Sinistros? – Viver sem Acidentes

Sinistros – O que significa Sinistro? Como viver feliz e trabalhar sem medo de sinistros? Como ter uma vida sem acidentes de trabalho ou pessoais?

Sinistro é o nome usado pelas companhias de seguro para indicar um acontecimento prejudicial aos seus segurados.

No entanto, a palavra Sinistro, segundo o Dicionário Aurélio, é um adjetivo e significa:

1. Esquerdo.

2. Que é de mau agouro; fúnebre, funesto.

3. De má índole; mau.

4. Que infunde receio; ameaçador, temível.

Como substantivo masculino Sinistro significa

5. Desastre, ruína.

6. Grande prejuízo material; dano.

7. Ocorrência de prejuízo ou dano (incêndio, acidente, naufrágio, etc.) em algum bem sobre o qual se faz seguro.

sinistros-sinistrados-seguros-vida-acidentes

Sinistrado é o nome que recebe a aquela pessoa que sofreu sinistro. Ou seja, sofreu um acidente. Foi acometido de doença grave ou sem cura que, ainda que não o leve à morte, o leve a uma paralisia parcial, permanente e irreversível.

É sinistrado também aquela pessoa que sofre um acidente de qualquer natureza. O mais conhecido é o automobilístico. Mas, podem surgir acidentes dos mais imprevisíveis que se possa imaginar.

Logo, à luz das definições encontradas no Dicionário Aurélio, Sinistro é tudo aquilo que não queremos que aconteça a ninguém de nosso convívio, inclusive a nós mesmos.

Queremos viver sempre uma vida de felicidade, de alegria, gozo e satisfação. Portanto, nunca desejamos que nos aconteça algo que não seja maravilhoso em nossa vida. Tal qual ganhar dinheiro nas nossas transações.

O que diz a Bíblia:

A Bíblia diz que devemos crer em Deus. Trabalhar com alegria, prazer e satisfação executando aquilo que gostamos de fazer. O problema está no fato de que nem todos executam as tarefas que gostam.

Porém, devem se esforçar por executá-las da maneira mais alegre que lhes possa parecer, acreditando que um dia essa situação mudará. E temos certeza de que ela mudará.

Por exemplo, se você trabalha numa empresa que não gosta. Executa uma tarefa que te desagrada. Invista seu tempo e dinheiro fazendo um curso a distância e monitorado 24 horas que lhe seja agradável. Nada de estudar aquilo que não gosta de fazer. Ainda que seus amigos ganhem muito dinheiro nessas atividades. Entenda de uma vez por todas que você não gosta delas e pronto.

É importante também que as pessoas criem ânimos para aprender atividades novas. Descobrir as que mais se adequem a sua maneira de viver.

Queremos viver sem medo de sinistro

A arte de viver sem medo de sinistro deve ser cultivada no seu dia-a-dia. Aprenda a usar as palavras de maneira positiva e não negativa. Em vez de dizer: “Eu vou tentar fazer isto”, diga simplesmente: “Eu vou fazer isto”. E faça sua tarefa sem medo de errar.

Retire o verbo tentar para sempre de seu vocabulário. Esse verbo existe sim, porém, não para ser usado no dia-a-dia, porque denota algo que você não está com vontade de fazer.

Em vez de do verbo tentar, experimente usar o verbo decidir. Diga assim: “Eu decidi aprender mais, de agora em diante”, “Vou lutar muito, mas vou vencer na vida”.

Cuidados para que não aconteçam sinistros

Os sinistros acontecem quando menos esperamos. Aliás, ninguém no mundo vive a esperar que sinistros lhes aconteçam. Os que têm medo disso compram inúmeras apólices de seguros de vida. Investem dinheiro naquilo que não lhes dará retorno.

Há seguros de acidentes pessoais. Vida em grupo. E outras modalidades que as seguradoras vendem para tomar dinheiro dos segurados. Elas ficam ricas, e os segurados, pobres. Pagam advogados para defendê-las, ao passo que os segurados mal têm dinheiro para pagar as apólices.

Tome cuidado, entretanto, na execução de suas tarefas diárias, para que não aconteçam sinistros. Sabemos que, na maioria das vezes, acidentes acontecem por descuido de quem executa tarefas.

Você deve dormir de seis a oito horas

Ficar longas horas sem dormir, depois de uma balada, e em seguida ir trabalhar, é um grande problema que a pessoa cria para ela mesma. O ideal, nesse caso, seria  que dormisse. Durma o mínimo, recomendado pelos especialistas em saúde, de seis horas. O ideal seria dormir oito horas.

Mas, com a vida agitada de hoje, poucos conseguem dormir oito horas ou mais. No entanto, durma tranquilo, sem pensar em problemas, logo que deita na cama. Pois, se pensar neles, seu espírito fica confuso, e você fica agitado. Rola na cama e o sono não vem.

O computador estará em seu quarto amanhã

Não adianta você ficar acordado a noite inteira, diante do computador, com pressa de ganhar dinheiro na internet. Você decerto ganhará dinheiro, mas ganhará também problemas que lhe causarão doenças mais tarde.

Lembre-se de que sua força hoje é resultado do que você fez anos antes. Se fez exercícios físicos, considere seus músculos alongados, fortes e preparados para executar tarefas.

Cuide-se hoje para ter saúde amanhã

Operar máquinas, por mais simples que seja, depois de longas horas sem sono é prejudicial, tanto a sua saúde como das pessoas que o amam.

Cuide-se, querido, querida, para que mal nenhum lhe aconteça. Cuide-se por ter uma vida feliz e agradável.

O Senhor está contigo, em todas as suas atividades, desde que você também esteja com Ele. Lembre-se disso.

Muito obrigado por assinar o
Feed do Blog Ganhar Dinheiro Legal

Image courtesy of [imagerymajestic] / FreeDigitalPhotos.net

José Guimarães

Quando me perguntam: "Você acredita que é possível ganhar dinheiro na internet"? Eu respondo imediatamente "Sim", porque eu ganho. Daí eu explico em minutos que ganho dinheiro vendendo produtos na rede. Tudo o que eu preciso fazer é escrever um texto que convença a pessoa a clicar num anúncio e comprar o produto. Só isso! O dinheiro vai para minha conta online e eu o transfiro para minha conta bancária, onde o recebo dias depois. Mas não dá para alguém deixar um emprego real e se aventurar na internet. Isso serve para quem gosta de ler, escrever, "fuçar" na internet e aprender cada vez mais. Pois o trabalho é cansativo e exige muita disciplina, dedicação e persistência.

Olá! Deixe uma resposta sobre o artigo que acabou de ler! Nós a responderemos em breve.