O Blog é meu e eu escrevo o que quiser

O blog é meu e escrevo o que quiser ou o blog é meu e escrevo como quiser.

Hoje entrei na internet com a ideia de pesquisar artigos sobre o fato de uma pessoa criar um blog e escrever sobre o que quiser.

Então eu digitei a frase tipo título desse post: “O blog é meu e eu escrevo o que quiser”.

Essa é uma maneira muito deselegante de se comportar e eu jamais pensaria isso.

Escrevi, como já citado acima, por conta de uma ideia de pesquisa, pra ver o que o Google me mostrava naquela hora.

Naquela hora da manhã? Sim, naquela hora da manhã.

Afinal, é de manhã que surgem aquelas ideias brilhantes (ou não) para você escrever artigos de seus blogs.

Você tem blog? Ainda não criou nenhum? Por quê?

Então, considere ler nosso artigo:

Mas será que é válido isso? Ou melhor, será que eu posso escrever o que quiser?

Mas vamos voltar ao assunto.

Talvez, no ímpeto de escrever um artigo qualquer, uma pessoa pensa mesmo em escrever do jeito que quiser.

Ela pode pensar assim: “O blog é meu e eu escrevo o que quiser”.

Aliás, já li a frase acima no comentário de um blog.

O autor do blog escreve no comentário em resposta a alguém que comentou a frase acima.

Mas vamos supor que alguém queira agir assim.

Isto é, escreve com um português ruim, gritante, inaceitável.

Além disso, num post repleto de palavras inadequadas ao público que ele quer alcançar.

O blog é meu…

Pois bem, o blog é meu, mas os leitores não são meus.

Ou seja, são pessoas que, de uma maneira ou de outra, encontrarão meu blog nos mecanismos de pesquisa.

Com isso, lerão ao menos um pouco do que escrevo e farão seus julgamentos.

Então, com o objetivo de encontrar posts com o assunto “O blog é meu e escrevo o que quiser”, digitei no Google essa frase.

O que encontrei?

Muitos blogs que já não estão em atividade.

Quer saber? Blogs de autores que desistiram de escrever.

Que abandonaram seus blogs.

Talvez por falta de incentivo ou de motivação. Por falta de inspiração?

Neil Patel diz que falta de inspiração não existe.

Para ele, o blogueiro é um escritor. Mas um escritor que escreve textos para publicar em blogs.

É diferente de escritor que escreve livros.

De uma maneira ou de outra, o escritor deve escrever.

O blogueiro também.

Contudo, encontrei também posts de blogs confiáveis, que me ajudaram a escrever esse artigo.

Como escrever no seu blog

Encontrei o post do blog da Hotmart dizendo Como escrever no seu blog e nele encontrei dicas importantes para escrever posts.

Curiosidades:

  • Pesquisei hoje no buscador mais famoso do mundo (você sabe qual é) e encontrei blogs assim:
  • O blog é meu e escrevo sobre o que eu quiser;
  • O blog é meu e escrevo do jeito que eu quiser;
  • O blog é meu e escrevo o que quero nele, tá achando ruim?
  • O blog é meu e faço o que eu quiser.

Só que eu decido pelo seguinte:

O blog é meu, mas é você que manda nele.

  • Por que você visita;
  • Lê ou vai embora sem ler;
  • Escreve comentário;
  • Você interage.

Meu Muito obrigado a você.

Ah, já que eu citei:

Se você não sabe, Neil Patel é um dos blogueiros mais influentes dos mecanismos de pesquisa.

O site dele sempre aparece nas pesquisas. Verifique isso.

José Guimarães e Silva

Deixe um comentário

CommentLuv badge

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.